Qual é a origem da chuva?

Qual é a origem da chuva?De acordo com a Bíblia, qual é a origem da chuva?

Não estou certo a respeito do propósito de sua pergunta, mas assumo que você esteja interessado em estabelecer como a percepção bíblica da chuva como um fenômeno natural difere da visão científica contemporânea. Qualquer comparação provavelmente seja inapropriada, visto que a Bíblia foi escrita muito tempo antes do surgimento do interesse Ocidental pela ciência. Eruditos críticos, vendo a Bíblia como uma filha do antigo Oriente Próximo, concluem que a respeito das operações do mundo natural ela está em harmonia com as visões mitológicas das culturas arredores. A visão bíblica da chuva não apoia essa perspectiva. A chuva é um assunto surpreendentemente complexo.

1. A Chuva do Céu: A associação da chuva com o céu era algo natural baseado na observação – a chuva cai do céu (“Mas a terra… bebe chuva do céu” [Dt 11:11]). De acordo com eruditos críticos, os Hebreus criam num oceano cósmico acima do firmamento sólido, e que ocasionalmente suas janelas eram abertas e chuva desastrosa caía (Gn 7:11; veja Is 24:18). Também é argumentado que outros textos se referem a lugares no céu onde a chuva, a neve, e a saraiva ficavam em estoque, do qual elas desciam sobre a terra (cf. Jó 38:22). Outros textos dão a impressão que se achavam cântaros cheios de água no céu, e quando quer que Deus os despejava água caía sobre a terra (Jó 38:37). Estas sugestões precisam de avaliação.

Primeiro, a Bíblia não ensina que o firmamento é uma abóboda sólida sustentando as águas cósmicas. Isto pode ser parte da mitologia antiga, porém ela não é bíblica. Segundo, a linguagem de lugares de estoque, cântaros, e janelas obviamente é metafórica. As janelas do céu também são mencionadas em associação com bênçãos, pão e vinda de aborrecimento do céu (Ml 3:10; 2Rs 7:2; veja Sl 78:23; Is 24:18). Tanto quanto eu saiba, ninguém sugeriu que estas janelas devem ser entendidas como literais. Terceiro, os Israelitas também sabiam que a chuva vem durante a estação chuvosa (Jl 2:23), e que ela cai das nuvens (Ec 11:3; Is 5:6). Eles também sabiam que o vento do norte podia trazer chuva (Pv 25:23).

2. A Origem da Chuva: Como, de acordo com a Bíblia, a água alcança o céu ou as nuvens? Os Israelitas tinham uma maneira natural de explicar este fenômeno, ou eles simplesmente diziam: “Deus faz”? Existe uma resposta que não exclui Deus. Primeiro, devemos indicar que as nuvens ascendem “dos confins da terra” (Sl 135:7; Jr 10:13), que pode se referir ao oceano (1Rs 18:44) carregado com água (Jó 26:8). Esta água não vem de um oceano cósmico acima do firmamento, mas da terra. Segundo, os escritores bíblicos tinham uma compreensão básica do ciclo da evaporação: “Pois ele [Deus] puxa para cima as gotas de água; elas destilam sua névoa em chuva, que os céus [Heb. šeúāqîm, “nuvens, céu] derramam e gotejam sobre os homens abundantemente” (Jó 36:27, 28, ESV).* Observe o processo: Deus puxa as gotas de água transformando-as em névoa (vaporização), a névoa se torna líquida (condensação), e cai dos céus/nuvens como chuva (precipitação). Deus não é excluído, porque é através do Seu poder que isso tudo acontece.

3. Deus a Faz! A chuva na Bíblia é simples, porém misteriosa, previsível e imprevisível; ela cria a vida ou a destrói. Embora os Hebreus tivessem um bom entendimento de ela, eles sempre se maravilhavam com ela e seu significado, creditando esta maravilha ao Senhor: “Ele realiza maravilhas insondáveis, milagres que não se pode contar. Derrama chuva sobre a terra, e envia água sobre os campos” (Jó 5:9, 10). Este sentimento de admiração se expressava nos louvores ao Senhor: “Cantem ao SENHOR com ações de graça… Ele cobre o céu de nuvens, concede chuvas à terra” (Sl 147:7, 8). Mesmo embora eles fossem incapazes de entender todos os aspectos do fenômeno, particularmente quando ele tomava a forma de uma tempestade, eles sabiam que Deus o entendia bem (Sl 29). Ao dizerem “Deus a faz,” eles mostravam gratidão e nunca tomavam a chuva por garantida. Ela sempre era um dom do Senhor.
 
*Citações da Escritura marcadas com ESV são da The Holy Bible, English Standard Version, copyright © 2001 by Crossway Bibles, uma divisão dos Good News Publishers. Usada com permissão. Todos os direitos reservados.

Data: 
8/11
Translation: 
Translated by a volunteer