Os Adventistas Acreditam no Dom de Cura?

Os Adventistas creem no dom de cura?

Nós certamente cremos. De acordo com a Escritura, Deus pode responder nossas orações e curar aqueles por quem oramos (Tg 5:13-15). Alguns têm dificuldade para entender a natureza deste dom pelo menos por duas razões: Primeira, pareceria que a manifestação do dom hoje não é tão comum quanto ele era durante o período apostólico; e segunda, nossa percepção de ele tem sido maculada pelo que vemos entre as igrejas Cristãs carismáticas. Alguns tendem a crer que o dom deveria se manifestar entre nós do mesmo modo que ele o faz entre essas comunidades Cristãs.

1. Ele é Um Dom de Deus: Um fenômeno interessante nas Escrituras a respeito dos milagres e curas é que existem muito poucos de eles! A história registrada na Bíblia cobre um período de vários milhares de anos. Examine-a como um todo, e você logo compreenderá que milagres e curas não eram tão comuns como alguém pode pensar. Se você contá-los, compreenderá não apenas que seu número era limitado, mas que eles também tendiam a ocorrer em quantidades em momentos históricos particulares. Por exemplo, uma quantidade significativa deles aconteceu durante o êxodo do Egito. Este era um momento de crise quando Deus tinha de manifestar Seu poder para demonstrar que Ele era o Deus verdadeiro. Milagres foram realizados em números incomuns durante os ministérios de Elias e Eliseu. Este foi outro tempo de grande apostasia em Israel, e Deus estava demonstrando que Ele era o verdadeiro Deus de Israel.

Testemunhamos uma manifestação maior de milagres de cura no ministério de Jesus e Seus apóstolos. Tais demonstrações únicas do poder divino tinham vários propósitos. Um central era validar a missão divina e a autenticidade da obra de Jesus. Mas do começo ao fim da história Bíblica também encontramos manifestações esporádicas do dom de cura. Em outras palavras, o dom era permanente entre o povo de Deus, mas Deus escolheu quando manifestá-lo de uma maneira poderosa ou mais intensa. Ele acontecia nos momentos de crise quando Deus estava revelando que Ele estava ativo no ministério de Seu povo para validar sua obra e auxiliar àqueles que estavam em dúvida.

2. Experiência Presente e Futura do Dom: O dom ainda está na Igreja, mas o Senhor ainda escolhe como e quando manifestá-lo. Milagres de cura acontecem entre o povo remanescente de Deus em todo o mundo em resposta às orações fervorosas de pastores e membros. Estes ocorrem esporadicamente, isolados um do outro, através da presença silenciosa do Espírito entre nós. O Senhor provavelmente escolheu agir desta maneira porque no final do conflito cósmico as forças do mal usarão milagres para validar suas reivindicações de serem de Deus. (Ap 13:13; 16:14). Nossa segurança não está nos milagres e curas mas nos ensinos das Escrituras.

Ao nos aproximarmos do fim do conflito cósmico apostasia e confusão alcançarão dimensões globais, e Deus manifestará o poder do Espírito de uma maneira gloriosa. Ele intensificará a manifestação do Espírito entre nós, e a profecia de Joel encontrará o seu cumprimento último (Jl 2:28-32). Deus validará a mensagem e missão de Seu povo remanescente através das Escrituras e através de demonstração magnificente do poder do Espírito.

3. A Cura e a Medicina: Hoje experimentamos o dom de cura através de serviços médicos – sim, serviços médicos. Jesus derrotou os poderes do mal através de Suas curas, e hoje Ele pode fazê-lo através daqueles que encontram maneiras para prevenir, tratar, e curar doenças. Aqueles que estão envolvidos na obra médico missionária estão participando do conflito cósmico no nível celular, e o Senhor lhes concede sabedoria para que ele O auxiliem trazendo cura a um mundo em aflição e sofrimento. A sabedoria que lhes é concedida pelo Senhor é Seu dom para Sua igreja para benefício da humanidade. Portanto a obra médica missionária, realizada pelo povo consagrado ao Senhor que procura apenas dar-Lhe glória, é uma manifestação válida do dom de cura que transcende as fronteiras da igreja e de nosso Senhor soberano.

Data: 
11/11
Translation: 
Translated by a volunteer