Crianças e a Ceia do Senhor


Em algumas de nossas igrejas crianças não batizadas estão sendo autorizadas a participar das ordenanças do lava-pés e da Ceia do Senhor. Esta prática é apoiada pela Bíblia?

  Se você estiver pedindo uma passagem bíblica que esclareça inequivocamente sua preocupação, a resposta é não. Muitas questões teológicas podem ser tratadas adequadamente apenas examinando os princípios bíblicos que se aplicam a elas, ou através de um estudo dos ensinamentos bíblicos sobre um assunto específico. Sua pergunta requer a última abordagem.

1. As Ordenanças Pressupõem Batismo:Como você sabe, o batismo simboliza que rompe-mos com uma vida de pecado, confessamos publicamente Cristo como Salvador e Senhor, e nos uniu à comunidade de crentes como o corpo de Cristo. O serviço do lava-pés pressupõe que tenhamos experimentado a lavagem plena do corpo no batismo (Jo 13:10; cf. Hb 10:22). De acordo com Paulo, aqueles que participam da ceia do Senhor são membros do corpo de Cristo, a nova comunidade do concerto: “Porque há um pão, nós, que somos muitos, somos um só corpo, porque todos participamos de um pão” (1Co 10:17, NIV; cf. 11:24, 25). É a comunidade de fé, aqueles que já experimentaram o poder salvífico do sangue de Cristo, que agora se une para partir o pão e beber o vinho da comunhão com o Senhor ressuscitado. Os Adventistas praticam a Comunhão aberta; todos os que comprometeram suas vidas ao Salva-dor, independente de sua aliança particular de igreja, podem participar quando nos visitam durante a celebração das ordenanças.

Uma vez que as ordenanças são celebradas pela comunidade de crentes, sua celebração não deve ser simplesmente definida como uma cerimônia de família. A Páscoa era basicamente um rito de família; mas a Ceia do Senhor é uma celebração familiar apenas no sentido de que a igreja, como família de Deus, se reúne em obediência ao Senhor para participar dos emblemas de Sua morte sacrificial.

2. As Ordenanças Pressupõem Uma Compreensão de Seu Significado Simbólico:A frase “fazei isto em lembrança de mim” (Lc 22:19) é parte integrante da celebração das ordenanças e requer uma compreensão clara da morte de Cristo (1Co 11:24, 25). Os símbolos apontam para o corpo quebrado e o sangue derramado de Cristo como nosso único meio de expiação. Por meio deles, comemoramos e mantemos vivo em nossas mentes o glorioso ato redentor de Deus em Cristo. As ordenanças também expressam nossa constante necessidade da graça purificadora do Senhor durante nossa caminhada pós-batismal com Ele. Finalmente, eles apontam para a futura celebração da Ceia com o Senhor em Seu Reino de glória. A esperança do Advento está incorporada nas ordenanças e é mantida viva em nosso ser interior enquanto participamos delas. Aqueles que participam destes ritos sagrados devem ter uma compreensão clara de sua mensagem salvífica.

3. Aspectos Práticos na Celebração das Ordenanças:Os pais e os líderes da igreja são responsáveis por instruir as crianças a respeito da importância e sacralidade das ordenanças. As crianças que compreenderam o significado do poder salvífico da morte de Cristo estão prontas, não só para participar das ordenanças, mas também para serem batizadas. Em outras palavras, em vez de permitir que elas participem das ordenanças antes de serem batizadas, batize-as! Deixem que se juntem a nós à mesa do Senhor. Isto requer um nível de maturidade cronológica e espiritual que permite que as crianças façam, sob a orientação de seus pais, uma decisão adequada. As crianças geralmente querem fazer o que veem seus pais fazendo, mesmo que elas não estão prontas para fazê-lo por si mesmas. Devemos ensiná-las que a gratificação instantânea nem sempre é correta; às vezes é melhor esperar. A espera poderia ser uma lição maravilhosa no crescimento emocional, na formação do caráter, e na antecipação espiritual.

Dito isto, aconselho os pais e os líderes da igreja a fazerem da celebração das ordenanças um acontecimento significativo para as crianças enquanto esperam o momento em que podem participar plenamente na sua celebração. Por exemplo, em locais onde as uvas são facilmente acessíveis, seria bom dar às crianças várias uvas no momento em que o suco de uva é servido aos seus pais. Faça-as sentir-se bem-vindas a este serviço sagrado enquanto elas crescem em sua compreensão de seu significado e estejam prontas para participar dele.



Data: 
6/06
Translation: